O encontro com o Miguel Hurst aconteceu no momento em que andávamos à procura da razão para a existência duma dinâmica do cinema angolano, com filmes a receberem prémios internacionais, Ar Condicionado e Para Lá Dos Meus Passos, dois filmes da produtora angolana Geração 80, outro a passar na Netflix, e de